26 de mar de 2014

“Se não ler, irá saber pela boca alheia”.

Por: Omégeni Ramos

Ponto positivo

Foi marcado pelo prefeito Jean Mendonça, com centenas de servidores, pois encaminhou para o Poder Legislativo que aprovou, projeto de Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos.

Há muitos anos, servidores almejavam essa conquista, pois complementações precisavam ser feitas para os mesmos alcançar a base salarial, o que não será mais necessário.

Mais um ponto

Desta vez, com centenas de moradores do bairro Nova Pimenta, pois no último sábado e domingo, 22 e 23, foi realizado na escola Nair Barros, cadastramento dos mesmos para receberem o Titulo definitivo de suas propriedades.

De início serão contemplados 2.000, porém esta parceria entre Governo do Estado e Prefeitura de Pimenta Bueno, irá beneficiar aproximadamente 4.000 pessoas que poderão, através de financiamentos, investir e valorizar cada vez mais suas propriedades, pois serão suas de direito por lei.

População pimentense

Como sempre, desinteressada pelas causas municipais, pois na 1ª Conferência Municipal de Proteção e Defesa Civil, realizada nesta terça-feira (25), na Câmara de Vereadores, contava-se nos dedos os presentes.

Os mais experientes

Dizem que o trânsito de nossa cidade está um verdadeiro caos, visto a implantação do projeto mão única, que feito “às pressas” não levou em consideração as condições do desempenho urbanístico e outras particularidades, deixando os usuários das vias públicas em constantes embaraços para se deslocarem no vai e vem diário, gerando desagrado para muitos e um aumento considerável no gasto de combustível (empresas locais falam em 30 % mais).

Os visitantes (condutores)

Esses então, nem com GPS conseguem transitar sem que passem por transtornos, e lógico, acabam, por este motivo, levando uma má impressão da nossa cidade. Isto se, ainda não levar de brinde uma multa ou ser “alvo” de acidente de trânsito.

Dando BO?

Recentemente, foi registrada ocorrência por um empresário e proprietário de um imóvel na Rua Visconde de Mauá, onde reside e também possui um loteamento.

Segundo informações, o empresário manifestou o seu descontentamento com a obstrução contínua do local, usado para atividade de autoescola.

Sabemos que, não ter um local para o trabalho das autoescolas é um problema antigo em Pimenta Bueno.

Falando em Autoescolas

Possuem escritórios para atendimento de seus clientes, locais particulares, mas a maior parte dos serviços é realizada nas ruas da cidade, como as aulas práticas, neste caso com veículos credenciados e exercendo o direito de livre trânsito, apesar de causar certo transtorno. Porém para as aulas de baliza utilizam vias públicas, valendo-se de autorização da prefeitura, que permite que apenas meia via seja utilizada para esses fins.

Na verdade, algumas empresas “trancam” o local, com isso, “impossibilitando” a passagem de outros veículos e o pior, fazem isso durante o dia e a noite. Houve casos de algumas deixarem a rua fechada mesmo após o termino de seu expediente. Vale ressaltar os abrigos que estas constroem nas calçadas próximas as ruas interditadas.

Outra observação é que, independente de ter por perto o instrutor, existe o risco de acidente envolvendo quem está e quem passa pelo local.

Abrigo

O que foi construído possivelmente por empresa de autoescola, na Rua Visconde de Mauá, foi destruído. Não foi registrada nenhuma ocorrência. É! Pimenta Bueno já não é mais aquela cidade pacata como muitos diziam.

Fato curioso

A Av. Teotônio Vanderlei, ao lado do quartel da PM, local que já foi motivo de grande polêmica no passado, pois as condições de trânsito e a má conservação fez com que, mesmo constando na planta do município como rua, no passado passou a fazer parte do pátio da PM sendo utilizada para guarda de veículos e madeiras apreendidas. Somente depois de muita insistência e extensas negociações que envolveu inclusive o governo do estado, o local foi aberto ao trânsito. Dizem que para tanto e através de negociação política a prefeitura compensou o estado com o terreno onde hoje se encontra a agência do IDARON.

Parece que não, mas a Teotônio Vanderlei  é de extrema importância para facilitar o fluxo, principalmente dos veículos da Polícia Militar em caso de ocorrências, visto que a marginal é mão única.

Não durou muito a alegria pela abertura e asfaltamento da avenida, bastando apenas um sim, para obstruí-la novamente.

Informações dão conta de que teria sido autorização verbal concedida pelo prefeito Jean Mendonça para que a referida fosse utilizada por empresa do ramo de autoescola.

Fico imaginando se todo comércio ou prestadores de serviço exigissem o mesmo direito de utilizarem ruas e demais locais públicos para suas atividades. Nossa cidade seria transformada em uma grande feira permanente.

É preciso que “uma nova história” também seja construída para as autoescolas de Pimenta Bueno, pois lutam por vários anos por um local para que possam exercer as atividades com mais tranquilidade e segurança, sem causar transtorno para comunidade.

PORTARIA Nº 1.065, DE 19 DE SETEMBRO DE 2013

Autoriza a transferência de recursos de custeio aos municípios participantes da Agenda para Intensificação da Atenção Nutricional à Desnutrição Infantil de acordo com avaliação das metas pactuadas para o ano de 2013.

Pimenta Bueno está sendo beneficiado? Se estiver, quero saber como está sendo aplicado o recurso?

Uma nota de esclarecimento explicando para esse humilde jornalista e comunidade pimentense em geral, já será suficiente.

 E-mail correiopimentense@gmail.com será publicada imediatamente, após confirmação da fonte responsável pelo envio.


Até a próxima

16 de mar de 2014

“Se não ler, irá saber pela boca alheia”

Por Omégeni Ramos

Mão única

Está praticamente concluído o projeto “mão única”. Mesmo não agradando alguns condutores, deu certo, pois a maioria está elogiando e se adaptando a nova “rota de trafego” do município de Pimenta Bueno.

Uma nova história

Parece que começou, pois alterações estão sendo feitas no quadro do primeiro escalão da Prefeitura Municipal de Pimenta Bueno. Uma delas é que a ex-prefeita do Município de Primavera de Rondônia, Eloisa Helena Bertoletti, possivelmente será a nova Secretária de Planejamento do Município de Pimenta Bueno, ocupando o lugar do João.

 A Vice-Prefeita

Ana Bastos (PDT) é uma mulher guerreira que se movimenta para todos os lados, procura fazer o seu papel como representante do povo no executivo, porém apenas externamente, pois a maioria das vezes que o prefeito se ausentava, nomeava o João para substituí-lo, algo que sempre me deixou uma interrogação na “cuca”. Para que nomear alguém, se tem vice-prefeita para responder pelo mesmo em sua ausência?

Imaturo?

Em sessão ordinária realizada na câmara Municipal de Pimenta Bueno, o Vereador do PSB, João Batista Rocha (Bozo), disse que a Vereadora Dona Rosa do Partido Progressista (PP) o chamou de imaturo. Bem, eu não ouvi a parlamentar o chamar de imaturo, e sim dizer: “A gente precisa ter maturidade nas decisões e mais firmeza”.

Só observo

Uma representante do povo que, por uma simples publicação de notícia envolvendo a mesma em acidente de trânsito, desfez amizade com boa parte dos que, antes eram amigos, mas depois que compartilharam o fato, a amizade foi desfeita. Creio que isso é ser IMATURO.

Só observo I

A novela do dia a dia, visualizada por todos no município de Pimenta Bueno, denominada de reforma do Hospital Ana Neta superou os capítulos da anterior, denominada de “elefantes brancos” famosos Viadutos que, após mais de sete anos de terror, ficção, suspense e comédia, foram concluídos, não com um final feliz, pois o transtorno e prejuízos que empresários, donos de comércios a beira das marginais da BR 364 tiveram, foram incalculáveis.

A reforma do Hospital e Maternidade Ana Neta faz aproximadamente 10 anos que está em cena.

Enquanto isso

Iniciada faz pouco mais de um mês, a reforma do prédio do Cartório Eleitoral de Pimenta Bueno já está praticamente concluída e possivelmente os trabalhos retornarão para o prédio reformado, já no mês de abril. Quanta diferença das obras citadas acima!

Povo de Rondônia

Recentemente foram abalados com a notícia de investigação do Ministério Público envolvendo a realização de Shows gospels. Vamos aguardar para saber quais foram os que com sua “fé” colheram o “dizimo”.

O empresário

Edney da Central poderá ser um dos nomes que pleitearão a vaga de deputado estadual nessas eleições de 2014, pois mesmo filiado ao PTB do município de Cacoal, pode representar o povo pimentense, haja vista o cargo a ser disputado, ter representatividade para todo o povo do estado de Rondônia.

Só faltava essa

Informações dão conta de que um servidor do município de Pimenta Bueno, também representante do povo no Poder Legislativo teria sido cedido para Assembleia Legislativa do estado de Rondônia. Vamos aguardar para ver o resultado. Será que o servidor terá que ir toda semana para Porto Velho? Vamos aguardar para saber se o ato foi concretizado ou está em andamento.

Espero que

Pelo menos nesse ano de eleição, se inicie algumas das tantas obras divulgadas. Se asfaltar e drenar a Avenida Riachuelo, fazendo com que amenize o sofrimento de tantas famílias já seria um bom começo.

Avenida dos Imigrantes

Continua obstruída desde o mês de novembro de 2013. Mesmo assim ao lado da vala aberta foi inaugurado o novo prédio de uma loja de materiais para construção, um investimento de um milhão de reais. Na mesma semana já havia sido inaugurada mais uma farmácia em Pimenta Bueno, ou seja, os empresários acreditam e investem, mas já passou da hora de o município dar a contrapartida, tapar a valeta da Avenida dos Imigrantes e liberá-la já é um bom começo.

100 casas populares

Vai virar motivo de marketing, pois o recurso avaliado em aproximadamente seis milhões, foi recuperado. Informações dão conta que houve “forte” influencia do deputado federal Padre Tom do (PT) na recuperação desse recurso. Em breve saberemos quantos pais terão as casinhas se elas forem construídas é claro.

Sofrimento dos condutores

Aos poucos está sendo amenizado, pois uma operação tapa buraco está sendo realizada no município. Parabéns prefeito por esse trabalho.

Assinar o ponto

Na entrada e na saída, é o que o presidente da Câmara Municipal de Pimenta Bueno, Paulo Adail (PMDB) informou que os assessores e servidores terão que fazer em breve. Será que vai dar certo?

Provocando o MP?

Em rede social, o ex-vereador Celso Bueno (PSB), “provoca” o Ministério Público do município de Pimenta Bueno, dizendo: Gostaria que um desses promotores de justiça de Pimenta Bueno, entrasse em um ônibus escolar das linhas rurais às 3.30 horas da manhã junto com alunos de seis anos de idade e fossem até as escolas esperassem o horário de aula, depois voltassem com eles até suas casas para ver a hora que os mesmos retornam nesses ônibus velhos e sem condição nenhuma, depois se pronunciassem sobre isso. Diz ainda que se possível, levar a secretária de educação junto. “um verdadeiro descaso com os estudantes das linhas rurais.”

CENAPE

Centro de Atendimento às Pessoas Especiais foi agraciado com o recebimento de um veículo na última sexta-feira (14), benefício esse, conseguido através da Vereadora Scheilla Cassol (PROS). Em recente viagem a Porto Velho, a parlamentar fez a solicitação ao Presidente da Assembleia Legislativa, Hermínio Coelho (PSD).  Hermínio atendeu ao pedido da representante do povo no Poder Legislativo pimentense e disponibilizou o carro que irá atender a entidade prestadora de valoroso trabalho social, digna de muitos elogios.

Pode trazer mais que será bem vindo! Até a próxima.


Reforma do Ana Neta – Não falta dinheiro, falta comprometimento!


Por Omégeni Ramos

Nem todo comentário geralmente é verdade, mas, no entanto, comenta-se que a carta convite para licitação para a reforma do Hospital e Maternidade Municipal Ana Neta estaria sendo “escondida”.

Acredito não ter motivo para tal atitude do executivo, haja vista toda a população pimentense estar sonhando com essa reforma, e olha que esse sonho já faz quase 10 anos.

Logo abaixo, todos irão poder comparar alguns valores. Algo estranho, é que eu não vi nada de diferente do passado, a não ser os juros e o valor pago pela parte executada.

Sempre escuto discursos marqueteiros, tais como eu consegui emenda de tanto, eu consegui emenda de tanto, eu consegui emenda de tanto e por ai vai.

Acham que os ouvidos da sociedade é pinico para ficarem jogando merda, peço desculpa pela forma escrita.

No passado:

Foram repassados R$ 800.000,00 pelo Governo do Estado

A Câmara Municipal devolveu R$ 200.000,00 que se tornaram R$ 400.000,00

R$ 400.000,00 e mais R$ 100.000,00 para a aquisição de uma ambulância foi o que ficou decidido em um TAC como valor de compensação Ambiental da Eletrogóes.

É válido ressaltar que as informações acima são do passado, desde o ano de 2009

Situação atual:

Resumo execução convênio (reforma do Hospital Ana Neta).

Valor atual da Planilha - R$ 2.142.289,85
Valor executado - R$ 212.658,30
Valor a executar – R$ 1.929.631,55


Resumo na linguagem popular
Repasse do Governo 12/08/2011: R$ 800.000,00
Rendimento Liquido  Período:          R$ 70.464,38
Subtotal Estado (convênio)             R$ 870.464,38

Contra Partida Município              R$ 467.111,67
Rendimento Liquido  Período:          R$ 36.258,71
Subtotal Município (Contra partida)R$ 503.370,38


Saldo Financeiro (Convênio e Contra Partida)
Total Convênio e Contra Partida        R$ 1.373.834,76
Pagamento de etapa executada      - R$ 212.658,30
Saldo Final                                         R$ 1.161.176,46


Compensação Ambiental Eletrogóes R$ 765.243,71
Acredito que nesse valor está incluída multa aplicada pelo MP por descumprimento do TAC.  Esse recurso da compensação ambiental está em conta jurídica e é necessária autorização judicial para pagamento.

Saldo Total Convênio e Compensação Ambiental
R$ 1.926.420,17

Valor Planilia a executar
 R$ 1.929.631,55

Defcit Financeiro a ser coberto com aumento na contrapartida do município
R$ 3.211,38

Contra partida adicional do município:
R$ 3.211,38

Saldo Final Convênio, Compensação e Contra Partida Adicional:
R$ 1.929.631,55

Se os valores não estiverem corretos, esse jornalista está à disposição para publicar novamente o correto. É só a assessoria enviar para:correiopimentense@gmail.com.