25 de nov de 2012

Opinião: 35 anos de emancipação político-administrativa de Pimenta Bueno


Por: Omégeni Ramos

Elevado a condição de município, por meio do decreto n.º 6.448, artigo 47 de 11 de outubro de 1977 foi criado o Município de Pimenta Bueno, sua emancipação político-administrativa aconteceu em 24 de novembro de 1977, data em que comemora o aniversário do Município e a posse do primeiro prefeito nomeado pelo governador Humberto da Silva Guedes (Coronel do Exército), Sr. Vicente Homem Sobrinho.

Nasci em Pimenta Bueno; no ano de 1977 eu estava com apenas um ano de idade, mas meus pais já moravam aqui no chamado território federal de Rondônia desde 1970.

Creio que o dia 24 de Novembro em Pimenta Bueno, para alguns, é uma data sem importância, sem nexo, sem destaque, sem nada.

Sendo pimentense, fiquei decepcionado, pois nenhuma manifestação ocorreu para comemoração desta data que, muitas pessoas hoje moradoras nessa querida cidade não conhecem.

Fiz um cálculo rápido de recurso investido em obras no município de Pimenta Bueno nesse ano de 2012. Foram muitos milhões, nem irei citar valores e muito menos os locais, pois ainda estou envergonhado de saber que tanto dinheiro foi investido, mas a população pouco usufruiu dos benefícios.

Não irei me estender nesse texto, até porque a população não se importa com isso; mas fiquei imaginando se esse aniversário de 35 anos de emancipação político-administrativa de Pimenta Bueno fosse comemorado com a entrega da reforma do Hospital e Maternidade Ana Neta, seria uma maravilha, não seria?

Na placa fincada ao lado do HPS, informa que o prazo de entrega é de 120 dias, mas não especifica de que ano. O valor é de R$ 1.335.751,47 (Um milhão trezentos e trinta e cinco mil setecentos e cinquenta e um reais e quarenta e sete centavos).

Como eu sonho com essa reforma, pois sou frequentador daquele órgão público como paciente. Os profissionais da saúde fazem o possível e impossível para realizar o trabalho, mesmo sem condições.

Algo que me incomoda é que os profissionais às vezes precisam ter trabalho dobrado. É triste quando um paciente fica na sala de observação da unidade, pois o banheiro não tem nenhuma condição de se realizar qualquer tipo de necessidade.

O ventilador da sala de observação não funciona; o banheiro está em condições 95% precárias, o vaso sanitário não dispõe de tampa, não tem descarga, o local não tem lâmpada. Por isso disse que os médicos às vezes precisam trabalhar em dobro, pois um paciente de organismo fraco não suporta visualizar as condições do banheiro e o corpo responde de imediato com vômitos.

Mas como diz o ditado: “Ruim com ela, pior sem ela”.

Imagino se uma vez ou outra um Promotor ou Promotora de justiça ou qualquer representante do MP fizessem umas visitinhas dentro de alguns blocos do nosso querido e único HPS, Ana Neta, sem se identificar é claro, pois aqui quase ninguém conhece essas autoridades que realizam trabalho tão importante para o município.

Tente sentir na pele e colocar em papel tudo o que ver, seja de bom ou de ruim, só assim, possivelmente, movimentações por parte dos nossos representantes políticos aconteceriam em busca de dar mais condições humanas para os cidadãos que tanto precisam daquela unidade.

Para onde vai tanto dinheiro? Porque as empresas que ganham licitação, teoricamente começam a obra, mas param? Essas informações eu lhe garanto que não irão ter, pois faz parte do sistema.

Gosto de escrever em enigma, mas procurei ser bem claro nessa postagem, pois a intenção é provocar também uma reflexão nos governantes locais.

Quem sabe no ano de 2013 essa reforma do hospital e maternidade Ana Neta possa ser pelo menos motivo de discurso político em um palanque possivelmente montado para comemorar o 36º aniversário de Pimenta Bueno, pois o de 35º passou batido.

E viva os nossos políticos!!!

Que motivos fariam alguém deixar de ganhar quase R$ 30.000,00 ou mais?


Moro no município de Pimenta Bueno há 36 anos e alguns dias; no último texto que escrevi eu fiz a seguinte pergunta: será que a população merece algumas informações?

Em minha opinião, tanto faz como tanto fez, as pessoas não estão interessadas; só se manifestam em caso de necessidade, temos como exemplo o que acontece em período eleitoral. Algumas pessoas trocam o voto (maior poder dado a ela de quatro em quatro anos) por uma caçamba de terra, cerveja, iluminação de campo em zona rural, manilhas, pedidos de exames e como diz o popular; “uma lera de outras coisas”.

Em consideração aos leitores que sempre tiram um tempinho para matar a curiosidade lendo meus textos sobre o que acontece nos bastidores da política pimentense; saibam que até mesmo eu me impressiono com as mágicas que acontecem e me fazem lembrar do ilusionista David Copperfield.

Enigmas são feitos para serem decifrados. No texto anterior fiz questão de relatar que sistema trabalha em favorecimento próprio de quem está no poder. Por isso nesse texto coloquei o titulo:

Que motivos fariam alguém deixar de ganhar quase R$ 30.000,00 ou mais?

Em um processo eleitoral existem regras para serem possivelmente cumpridas.

Veja um exemplo claro:


Muitos devem estar se perguntando; o porquê do link acima?

Em Pimenta Bueno é fato! Os interesses sempre prevalecem, mesmo estando em desacordo com a possível legalidade. Um caso recente é de um candidato que participou nas eleições do ano de 2008, sendo ele filiado em um partido e ficado como primeiro suplente do mesmo; esse suplente saiu do partido no dia 29/07/2011 e filiou-se em outro no dia 01/08/2011.

No início do período eleitoral desse ano de 2012 esse suplente que não seria mais suplente, haja visto que a possível legalidade diz que o mandato é do partido; assumiu a vaga no legislativo estando filiado em outro partido que nem participou da coligação passada.

Fico imaginando. Será que todos os outros suplentes foram comunicados de tal vaga, pois pelo que sei, todos que concorrem em uma eleição para o cargo de vereador estariam com certeza de olho na cadeira.

Eu pergunto se você abriria mão da sua vaga? E por quê?
Fico imaginando o que aconteceria se o Dr Joaquim Barbosa (presidente do STF), homem que está mandando a galerinha da alta cúpula do mensalão para cadeia desse uma lidinha nos meus enigmas.

Por: Omégeni Ramos

18 de nov de 2012

Opinião: Com o que as pessoas deveriam se preocupar de verdade?



Por Omégeni Ramos

Uma boa parte da audiência de um veículo de comunicação é dada devido à desgraça de alguém, seja acidente de carro, seja homicídio, seja desastre natural, ou qualquer outro tipo de acontecimento que envolva o sofrimento de alguém.

É verdadeiro que a desgraça dos outros dá muita audiência mesmo. Mas pergunto, o cidadão se preocupa de verdade com o que deveria se preocupar?

Quantos cidadãos sabem onde ou de que forma é aplicado o dinheiro público, não somente em nossa querida cidade de Pimenta Bueno, bem como em todo o país?

Se você acha que alguém fiscaliza está completamente enganado, pois isso não acontece no meio político. As pessoas não têm e nunca irão ter as informações necessárias sobre tal. Mas será que se importam? Creio que não! 

Lembrete: você acha que um ficha suja tem interesse em divulgar a verdade para alguém?

São várias as reclamações da população, tais como: não temos opção de lazer, não somos atendidos adequadamente em órgãos públicos, não nos respeitam e ninguém faz nada, e assim por ai vai.

Mas eu pergunto a essas mesmas pessoas que questionam tanto na hora da necessidade; por acaso vocês tem respeito por si próprias?

Saiba que o sistema trabalha em favorecimento próprio de quem está no poder, isso é fato.

Saiba que existem várias situações em que o próprio sistema abre empresas em outros estados para ganhar licitação da obra X ou Y em determinado município, e é tudo legal, mas simplesmente um terreno vazio se encontra no local onde na teoria a empresa estaria instalada.

Você por acaso algum dia tirou um tempinho para ver se não existe nenhuma empresa no seu nome ou de algum parente seu que esteja com um problema de saúde grave ou até mesmo que já tenha falecido? Saiba que isso é verídico.

A população deveria se preocupar de verdade em fiscalizar aqueles que a representam, pois eu faço isso.

Não se esqueçam que no final de tudo alguns fatos sempre acabam sendo simplesmente mais um escândalo e termina tudo em pizza,

A minha maior preocupação é que a população só fica indignada e nada faz, fala, critica, mas nada faz.

Pergunto: será que a população merece algumas informações? Será que estão interessadas? Isso descobriremos com o passar do tempo.

Ainda falando em fiscalização

Boatos já correm soltos em Pimenta Bueno de que somente um secretário será nomeado durante os primeiros seis meses da nova administração. Será que estão adotando a linha de alguns paises que existe presidente, mas quem manda na verdade é o primeiro ministro? Sabe-se lá! Só sei que isso sim é uma nova história para Pimenta Bueno.

Saúde

Mesmo havendo muita crítica, a saúde no município de Pimenta Bueno nos últimos tempos foi considerada boa. Vale ressaltar que foi investido aproximadamente 25% do orçamento. Informações extra-oficiais colhidas na Câmara Municipal de Pimenta Bueno dão conta de que só serão investidos 15% do orçamento na saúde a partir do início de 2013, pois é isso que o governo determina.


Discurso

Saibam queridos leitores, muitos são os candidatos que usam o discurso da moralidade em prol da população, mas esse discurso se perde no momento em que é dado o resultado de uma eleição.

Saibam que discurso é uma coisa e realidade é outra totalmente diferente.

Mais uma vez eu pergunto: será que a população merece algumas informações?